Nuvens altas, médias, baixas, nuvens de “trovoada”, entre outras

Certamente já ouviu falar em cada uma destas, mas será que as sabe identificar?

Neste artigo mostramos os vários tipos de nuvens, os seus nomes, e o tipo de precipitação que costumam (ou não) produzir…

 

NUVENS ALTAS

  • Cirrostratus: Nuvens entre 5 a 10kms de altitude, com aparência esbranquiçada e transparente\finas

São compostas de cristais de gelo, formando-se em situações de humidade relativamente baixa e temperatura relativamente elevada. Por vezes podem anunciar a chegada de precipitação alguns dias depois, no entanto estas nuvens não produzem precipitação

 

  • Cirrus: Nuvens altas, superiores a 8\10km de altitude (Camada alta da troposfera), onde a temperatura é muito baixa e por isso são também constituídas por cristais de gelo

Têm um aspeto normalmente de “linhas” no céu, na direção dos ventos em altitude, e não produzem precipitação

Podem também em alguns casos anunciar a chegada de chuva alguns dias depois

 

  • Cirrocumulus: Nuvens altas entre 5 a 10kms de altitude, associadas a alguma instabilidade

Formam-se em condições de tempo algo instável, mas com baixa humidade, e têm um aspeto de “nuvens de trovoada” sem grande desenvolvimento

Normalmente não produzem trovoadas, mas podem eventualmente acabar por indiciar que pode haver condições para trovoadas em breve

 

NUVENS MÉDIAS

  • Altostratus: Nuvens médias, entre 2 a 5 km de altitude compostas por gotículas de água e eventualmente cristais de gelo

São associadas em geral a estabilidade atmosférica, mas podem anteceder a chegada de uma frente

Provocam precipitação em geral fraca e contínua

 

  • Altocumulus: Nuvens que anunciam a chegada de uma frente fria, formam-se normalmente por processos de convecção

Têm um aspeto branco\cinzento

Associadas a situações de instabilidade, podem anunciar a chegada de precipitação em breve…

 

NUVENS BAIXAS

  • Nuvens uniformes, a cerca de 1km de altitude, que cobrem totalmente o céu

Compostas por gotículas de água, ou cristais de gelo em situações de muito frio

Podem produzir precipitação fraca a moderada

 

  • Nimbostratus: Nuvens de base baixa, mas com algum desenvolvimento

Produzem precipitação que pode variar entre fraco e forte…

Podem ter nevoeiro associado

Associadas a situações de alguma instabilidade e humidade elevada

 

  • Cumulus: Vulgarmente conhecidas por nuvens de trovoada…

A sua base é geralmente relativamente baixa, mas desenvolvem-se verticalmente e podem alcançar até 14 km de altitude, pontualmente mais

Associadas a instabilidade, produzem aguaceiros, trovoadas e granizo

Frequentes em tardes quentes de Verão

 

Existem muitos outros tipos e sub-tipos de nuvens, mas estas são algumas das mais vulgares no nosso país

Se tiverem fotos interessantes dos céus não hesitem em enviar para a página Luso Meteo, ou por e-mail para lusometeo@gmail.com