Previsão de Longo Prazo

O tempo em Março 2024 – Mês com duas caras? Previsão Completa

- Publicidade - Continue a ler de seguida -

O tempo em Março, e à semelhança do que foi Fevereiro, deverá ser bem variável, com variabilidade de dia para dia, e de semana para semana, com vários padrões atmosféricos ao longo do mês, e com várias alterações algo repentinas

Isto é válido tanto para Portugal Continental, como para as Ilhas – que também devem ter, por vezes, alterações significativas do estado do tempo, quando comparado com o que tem ocorrido nas últimas semanas

Como sempre numa previsão a médio\longo prazo o grau de acerto diminui com a distância e deve ser interpretado como tendência, exceto quando referido que o grau de certeza é elevado

- Publicidade - Continue a ler de seguida -

As nossas previsões a longo prazo devem ser sempre complementadas com a leitura das previsões semanais e diárias, disponíveis no nosso site (AQUI e AQUI)

TEMPO EM MARÇO DE 2024 – RESUMO

Assim deixamos desde já o resumo do que esperar em Março de 2024, seguido depois por uma previsão mais detalhada

  • Março de 2024 poderá ser, no geral, um mês com precipitação normal, ou acima do normal, extensível a praticamente todo o território
  • Isto é corroborado pela maioria dos modelos e ensembles, no entanto deve ser destacado que há um grau de confiança apenas MODERADO, uma vez que o mês de Março (Transição para Primavera), em conjunto com um vórtice polar enfraquecido, algo instável, e uma MJO “incerta”, ainda, tornam tudo mais difícil de prever
  • Poderá haver 1 ou 2 depressões de alto impacto (isto é, nomeadas), obviamente que, a esta distância, é absolutamente impossível dizer que tipo de impactos terão
  • No entanto, tendo em conta um jet-stream muito mais descido em latitude será de esperar chuvas intensas e ventos fortes, por vezes, assim como mar agitado e tempo fresco
  • Há uma probabilidade MODERADA de ocasionalmente nos primeiros 15-20 dias surgir um anticiclone\dorsal que pode dar uns dias de estabilidade e mais amenos, mas regra geral este período de 15-20 dias terá instabilidade, que em alguns dias, principalmente no período 7\8 a 13\14 de Março parece ser mais significativa
  • Poderá haver neve, MAS NÃO CONTAMOS COM NEVE EM COTAS BAIXAS <800M. Apenas nas Serras, tendo em conta vários fatores, incluindo temperatura global, temperatura da água do mar, e época do ano
  • Nos últimos 10-14 dias do mês, ou seja depois de dias 15-20 poderá haver uma transição para um período bem mais quente, com fluxo Sudoeste e anticiclone na Europa, novamente, com possibilidade de algum calor repentino surgir e probabilidade moderada a alta (40 a 60%) de surgirem mais de 30ºC em vários pontos da Europa, dos quais destaco Portugal, Espanha, França e Itália – a confirmar, obviamente

O vórtice polar está um pouco mais enfraquecido que o normal, e deve manter-se fraco, mas recuperar um pouco

A MJO atualmente (fim de Fevereiro) está na fase 3 (Promove possibilidade de NAO+ dentro de cerca de 14 a 20 dias)

O vórtice polar é um ciclone persistente de larga escala sobre o Ártico e é um importante “motor” do clima no hemisfério Norte, e portanto a sua perturbação pode ter efeitos, que por vezes são imprevisíveis – pode ler informação sobre este fenómeno AQUI

É uma previsão complexa, no entanto “trabalhando com as informações que temos” é possível ter uma ideia do que esperar

- Publicidade - Continue a ler de seguida -

Desde já fica uma carta do GEFS (Ensemble GFS) que nos mostra esse período instável (linhas inferiores = precipitação) em praticamente todos os seus membros, para praticamente todo o território, entre dias 7\8 e 13\14 de Março – essencialmente – de seguida a previsão detalhada para cada semana, para Continente e Ilhas

Tempo em Março 2024


PREVISÃO PARA A SEMANA DE 1 A 7 DE MARÇO

CONTINENTE: Tempo bastante variável e com mudanças constantes. Chuva particularmente nos dias 1 e 2 e depois novamente final de dia 3 e dia 4. Dias 5 e 6 mais secos, mas para o fim deste período a chuva pode surgir de novo

Esta variabilidade irá traduzir-se numa anomalia de precipitação semanal praticamente nula em todo o país (talvez mais seco a Sul que o normal na primeira semana, pois as entradas no geral são de Norte)

A anomalia de TEMPERATURA é também ela praticamente nula, ou positiva em praticamente todo o país, pois apesar de iniciarmos a semana com temperaturas abaixo da média, depois normaliza\fica acima da média

Para o final do período poderá começar a haver uma mudança, para o que poderá ser a segunda semana, mais instável e fresca

- Publicidade - Continue a ler de seguida -

AÇORES: Início de semana mais estável, A instabilidade estará de regresso a meio da semana aos Açores, prevendo-se dias com bastante chuva, possivelmente, a partir de dia 4, assim como frio e até possibilidade de NEVE

O vento pode igualmente soprar com intensidade em especial a partir de dias 4\5, acentuando o desconforto térmico

Prevemos temperaturas abaixo do normal para a época a partir de dia 4, enquanto na primeira metade da semana as temperaturas estarão mais normais

Prevemos ondulação por vezes bastante forte!

MADEIRATempo seco, provavelmente, será a nota dominante, embora com precipitação fraca ocasional nas vertentes Norte e zonas montanhosas

Para o final do período, ou seja por volta de dia 7 de Março poderá haver transição para algo mais chuvoso!

Poderá haver um episódio de precipitação significativo na segunda semana – mais informação já de seguida

Prevemos fluxos de Norte ou Nordeste, e vento por vezes forte

Prevemos temperaturas um pouco abaixo do normal para a época, podendo até haver ligeira neve nos pontos mais altos da Madeira, eventualmente, em algum do dias

Para ilustrar esta previsão deixamos por parte do modelo ECMWF a previsão de anomalia de geopotencial – Tempo variável em Portugal Continental e e depressões a aproximarem-se dos Açores, trazendo chuva!

- Publicidade - Continue a ler de seguida -

Tempo instável na primeira semana de MARÇO


PREVISÃO PARA A SEMANA DE 8 A 15 DE MARÇO

CONTINENTE: Aqui entramos naquilo que referimos no início da previsão, a incerteza, pelo que recorremos a métodos de previsão estatística para tentar ser o mais precisos possíveis – e a diversos modelos de previsão

Prevemos com probabilidade moderada condições de tempo chuvoso e instável, e com condições para alguma depressão nomeada, com vento!

Esperamos a intrusão de massas de ar frescas, com alguma possibilidade de neve – no entanto não esperamos queda de neve em cotas baixas, como referido, no entanto!

Haverá queda de neve nas Serras em altitudes médias\altas

Deve ser referido que nestas situações por vezes os modelos lidam mal com as situações e há 10 a 20% de probabilidade que as depressões fiquem a Oeste, com o anticiclone a conseguir recuperar sobre a Europa Ocidental, e nesse caso a previsão ficaria “anulada” com muito menos instabilidade\chuva. Mas não é o cenário mais provável, preparem os guarda-chuva, pois parece mesmo que a chuva poderá chegar a todo o país, felizmente, com perspetivas de ligeira recuperação hídrica mesmo a Sul!

Em termos médios prevemos temperaturas ainda assim próximas do que é o normal, alguns dias mais frescos, outros mais amenos

Se houver interação entre o ar marítimo e o ar continental (vindo de leste) poderá surgir alguma ciclogénese, nesse caso teríamos de acompanhar a probabilidade de algo mais intenso – é um cenário com moderada probabilidade

O mar poderá estar bastante agitado neste período, mas para o final do mesmo poderá acalmar, para aquilo que poderá ser a terceira semana…

AÇORES: Com depressões a surgirem próximas do arquipélago, é muito provável que haja chuva

- Publicidade - Continue a ler de seguida -

NO ENTANTO prevemos condições de tempo instável e variável – ora está sol, ora chove – com variabilidade grande mesmo no próprio dia – atenção no entanto que alguma depressão mais intensa pode surgir… 

Não prevemos nada demasiado excecional, mas prevemos que uma ou outra situação de risco devido à chuva possa surgir, tanto no início deste período como depois para o final do mesmo, aí talvez mais com um fluxo de Sudoeste

Semana que poderá ser típica dos Açores, no fundo, com 4 estações no mesmo dia, por vezes

Veremos como evolui para o fim desta semana, o posicionamento do anticiclone será crucial, e é algo incerto, assim como a possibilidade de instalação de um fluxo Sudoeste

MADEIRA: Chuva PROVÁVEL no início desta segunda semana de Março, com alguma intensidade

Poderá prolongar-se uns dias, mas depois o anticiclone deverá tomar conta, novamente, por volta de dias 12\13, com tempo mais estável a surgir novamente

Temperaturas provavelmente abaixo do normal no início desta semana, com probabilidade de se tornarem mais elevadas para o final…

O mar poderá ter períodos de forte agitação, assim como o vento poderá ser bem forte, ocasionalmente!

Por parte do modelo ECMWF podemos ver que a precipitação acumulada prevista (cenário médio) até dia 15 deste mês é significativa tanto no Continente como nas Ilhas

Chuva na Segunda semana de Março


PREVISÃO PARA A SEMANA DE 16 A 24 DE MARÇO

CONTINENTE: A tendência apresentada pelos modelos de previsão é inconsistente, com TREMENDA INCERTEZA! Um “blend” dos vários modelos dá-nos uma média que indica a tendência para a tentativa de instalação de fluxo Sudoeste, o que poderia levar a uma subida da dorsal africana por cá, e mais seco no Sul, e talvez húmido no “sítio do costume” – mas mais quente! (tem sido a nossa previsão para a terceira semana de cada mês nos últimos meses e, de facto, tem sido concretizada)

Mas há incerteza, como referida – uma incerteza que é ainda maior quando analisámos vários modelos, o que mostra que dados iniciais, e diferentes métodos de resolução da evolução atmosférica dão resultados muito diferentes – o que significa que “tudo pode acontecer”

Ainda assim a nossa previsão para já privilegia o anticiclone de novo sobre o Sul da Europa, com probabilidade de fluxo Sudoeste e portanto chuva dentro\abaixo da média a Norte, e abaixo da média a Centro e Sul, especialmente a Sul, e mais quente – com algum calor!

Dependendo do que chover na segunda semana poderá ser uma semana bem-vinda para secar um pouco, para arejar as casas – mas temos de esperar para ver se realmente, especialmente a Sul choverá bem – esperemos que sim!

Prevemos também que, excetuando um cenário que não vislumbramos de momento, a neve não deva aparecer de forma muito significativa nesta semana

- Publicidade - Continue a ler de seguida -

Temperaturas acima do normal, no geral (noites variáveis, depende da nebulosidade de cada dia, algo a ver mais tarde)

AÇORES: Com o anticiclone a poder ficar mais perto da Europa Ocidental de novo prevemos que possa haver mais chuva, de novo, e tempo muito mais quente!

Note-se no entanto a incerteza, prever a mais de 15 dias de distância, especialmente para os Açores é MUITO difícil

Ainda assim prevemos mais dias chuvosos que na segunda semana, potencialmente alguns fluxos mais intensos, com chuvas fortes e vento – tempo algo agreste nas ilhas Ocidentais poderá ocorrer…

Prevemos temperaturas por cima da média no arquipélago, no geral – uma vez que prevemos um fluxo subtropical. Veremos como evolui, a probabilidade é moderada

MADEIRA: Na Madeira, com o anticiclone a subir em latitude, há probabilidade moderada de tempo muito mais seco, e também muito mais quente

Prevemos assim tempo, geralmente, seco no arquipélago, com probabilidade moderada (40 a 50%), ou com alguns aguaceiros

Não descartamos alguma depressão isolada, mas tirando isso a presença do anticiclone deve garantir estabilidade

As temperaturas devem ficar por cima do normal, na maioria dos dias

A média do modelo ECMWF prevê de facto essa tentativa de instalação do fluxo Sudoeste – corroborando a nossa previsão – é apenas uma previsão, sendo que o ECMWF é o “gold standard” das previsões, o melhor modelo meteorológico no mundo, pelo que é uma probabilidade que devemos levar em conta, e é por isso que a nossa previsão privilegia esse modelo, no geral

O tempo em Março 2024 - Mês com duas caras? Previsão Completa


PREVISÃO PARA A SEMANA DE 25 A 31 DE MARÇO

CONTINENTE: Previsão muito mais resumida – não há confiança suficiente para algo muito detalhado!

A situação que prevemos favorece em geral o tempo quente, mas potencialmente instável

Poderão surgir TROVOADAS, típicas de Primavera

Temperaturas por cima da média

É impossível para já dar informação mais detalhada, sugerimos acompanhamento das nossas previsões semanais AQUI

AÇORES: Grande incerteza, mas com o padrão que prevemos poderá haver mais dias secos que chuvosos, com anticiclone a surgir forte na região dos Açores

Ventos de Nordeste, possivelmente, ameno

O vento pode ser pontualmente intenso

A temperatura tende a ser relativamente normal ou por cima do normal

- Publicidade - Continue a ler de seguida -

O mar, com este padrão previsto, provavelmente estará calmo

MADEIRA: TROVOADAS? 

Há muita incerteza mas há favorecimento de possibilidade de formação de depressões isoladas perto da Madeira no final do mês – iremos acompanhar

Poderá no entanto, no geral, haver tempo relativamente seco

Temperaturas normais, ou por baixo do normal, no geral, para esta época do ano

Para terminar podemos ver a previsão de precipitação acumulada pelo modelo ECMWF até final de Março – média de ensemble – com precipitação mais abundante em média na previsão a Norte, com 150-200mm, e entre 100 a 150mm no Centro do país

Mesmo no Sul a previsão indica mais de 75-100mm – será um balão de oxigénio para o Sul? Veremos

Mais de 150mm nos Açores, e 100mm na Madeira, em média, segundo as previsões

O tempo em Março 2024 - Mês com duas caras? Previsão Completa


TENDÊNCIAS DO TEMPO AO LONGO DE 2024

Obviamente não é possível prever o tempo ao longo de um ano – mas tal como fizemos nos primeiros 2 meses do ano, voltamos a arriscar!

Analisando as previsões atuais de padrões atmosféricos e outros fatores é provável que 2024 seja marcado por SECA a Sul, infelizmente, não ficará resolvida, e felizmente uma situação normal a Norte, pelo menos até ao Inverno

Uma Primavera com alguma instabilidade está nas cartas, com algumas trovoadas que não têm aparecido muito nos últimos anos, e com mais intensidade que o habitual este ano

O Verão será quase por certo muito quente, mas é sempre difícil de dizer especialmente no litoral – no entanto se está no Interior prepare-se para viver temperaturas em média 1 a 2ºC acima do que tem sido hábito nos últimos anos

O Outono, com condições de ENSO neutras (Fim de El Niño) pode trazer menos chuva que os anteriores, mas o Outono tem sido sempre difícil de prever, por isso… É melhor esperar para ver, mesmo! Ainda assim fica essa probabilidade

Assim resumidamente esperamos um 2024, depois de pouco Inverno, no geral (pouco frio) uma Primavera que pode ser mais “à antiga”, um Verão muito quente, e um Outono menos chuvoso que os anteriores

Apenas uma previsão geral, que iremos acompanhar, para ver como se verificou uma previsão a um ano de distância – certamente que haverá erros mas será interessante verificar se com base nos padrões atmosféricos somos capazes de elaborar uma previsão minimamente aceitável a este prazo!

Desejamos a todos um excelente mês de Março, e um excelente 2024!


NOTAS FINAIS E FONTES USADAS PARA A INFORMAÇÃO

ATUALIZAÇÕES: Para mais atualizações e outras previsões\informações siga a página Luso Meteo – Meteorologia e Clima no Facebook AQUI

Pode também seguir no Twitter\X AQUI e na Google Notícias AQUI

Para nos ajudar pode partilhar para que cheguemos a mais pessoas

Se desejar ajudar com donativos para o projeto, para suportar custos de website\manutenção e serviços de subscrição para vos trazer o melhor conteúdo pode fazê-lo, ficamos muito agradecidos!

Pode fazer através de MBWay para 918260961

Ou IBAN para PT50 0007 0000 0029 3216 7422 3

Pode ainda contactar por WhatsApp para 918 260 961 ou email  se pretender um patrocínio\publicidade na nossa página\site e para orçamento para previsões personalizadas e detalhadas!

Muito obrigado pela sua confiança e preferência!


Fontes usadas para esta informação meteorológica

Meteologix

Meteociel

MetOffice

Especial agradecimento à WebDig, o nosso serviço de alojamento do website – altamente recomendado, com uma fiabilidade e apoio incríveis!

Agradecimento também aos nossos parceiros Jardinagem Coelho, CleanDireto e Lina Nails

Luso Meteo

A Luso Meteo é um serviço de informação e previsão meteorológica, focado essencialmente em Portugal, mas também com um olhar atento ao mundo, ao clima, e a tudo o que se vai passando, para lhe trazer todas as informações, sempre atualizadas e relevantes, para que possa planear os seus dias e as suas atividades.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo