Formou-se no Oceano Índico o ciclone tropical “Vayu”, que deverá afetar a Índia dentro de 2 a 3 dias

O landfall (Momento em que o ciclone toca terra) deverá acontecer no estado de Guzerate

É provável que o ciclone tenha pressão mínima quando tocar terra a rondar os 940-950hPa, com rajadas próximas dos 200km\h, e chuvas torrenciais

O ciclone poderá ficar perto da costa e não perder força durante algum tempo, pelo que inundações graves e danos severos de vento em larga área são de esperar

Será um ciclone equivalente a um furacão categoria 2\3, na escala de furacões do Atlântico

De resto em termos de atividade tropical no resto do mundo, tanto no Pacífico como no Atlântico está tudo muito “calmo” não havendo qualquer atividade prevista de momento

De referir que as projeções de El Niño para o resto do ano têm vindo a ser revistas em baixa, o que significa que é provável que as perspetivas de El Niño ao longo do resto do ano podem não se concretizar, e isso pode ter influência na época de furacões atlântica, com possibilidade da época de furacões vir a ser mais ativa que inicialmente expectável, mas é algo que para já não é possível determinar, e o risco para Portugal Continental é sempre reduzido, assim como Madeira, sendo um pouco mais elevado para as ilhas dos Açores