Archive em 12 Maio, 2019

Esta Segunda-feira poderá ser o dia mais quente de sempre em Maio

Esta Segunda-feira será verdadeiramente tórrida…

A madrugada promete temperaturas incríveis, com temperaturas especialmente na zona Oeste a poderem situar-se em valores de 24 a 27 graus durante a noite… Incrível

Também em outros pontos expostos ao vento leste, em especial litoral, a mínima será superior a 20 graus

Mas a tarde é que promete “dar que falar”, pois muitos dos recordes das cidades, para Maio, devem ser quebrados, resta apenas “apurar” se o recorde histórico de 40º poderá ser quebrado

No entanto valores de 36\39 graus são quase certos em pontos de Vale do Tejo, Sado e Alentejo

Arriscaria Alcácer do Sal como a localidade mais quente, bem perto de 40 graus

De qualquer forma tendo em conta a média de todas as estações, mesmo que o recorde de 40º não seja batido o dia poderá ser na mesma o mais quente de sempre em Maio

Também no litoral Norte a temperatura promete valores a superar largamente os 30 graus, até perto de 35 graus localmente, assim como zonas de vale no Norte

Na Terça o tempo quente continua…

Mapas: Modelo AROME, fonte IPMA

 

 

Segunda com temperaturas MUITO altas para Maio

Esta Segunda será um dia marcado pelo calor intenso, com subida da temperatura, que deverá subir mais 2\3 graus em relação a Domingo, tanto nas mínimas como nas máximas

Assim espera-se uma noite tropical em muitos pontos do litoral, e outros pontos expostos ao vento leste, com mínimas pontualmente até 25 a serem possíveis

Para a tarde as temperaturas devem ser no geral superiores a 30\32º, sendo de esperar pontualmente valores até 34\35º no litoral, mesmo perto do mar, e valores até 38º nas zonas mais quentes, nos Vales do Tejo, Sado e Alentejo

O céu encontrar-se-á geralmente limpo

O vento soprará do quadrante leste, moderado, por vezes com rajadas nas terras altas e litoral em especial durante a madrugada e manhã

Apesar das condições convidarem a praia, a água do mar está bastante fria, pelo que se aconselha cuidados para evitar choques térmicos

 

Máximas previstas, modelo ARPEGE
Voltar